Kellan Lutz: Mais do que "Emmett" em "Meskada"


O site TeenHollywood.com entrevistou Kellan para a estréia de Meskada e as próximas gravações de Amanhecer. Aqui deixo a entrevista. Aproveite, realmente vale a pena ler.

Kellan, "Emmett Cullen" está falando com o TeenHollywood de um pátio ensolarado em Los Angeles, de onde está vendo seus cães, Kola, Kevin e Nala perseguir esquilos.
Em breve, terá de retornar para Baton Rouge, Louisiana e na área de Vancouver para continuar as filmagens dos dois filmes de Amanhecer, em 03 de dezembro. Pode-se ver Kellan como um cara atraente de uma pequena cidade que, na necessidade de dinheiro, é conduzido a um destino terrível no thriller Meskada. Vamos aproveitar a representação de Kellan no filme e queremos ter um dia como este e outros projetos.

TH: Bem, os perfis de cena. Que cachorros você tem em torno de você no quintal? 
KL: Tenho um Pastor/husky chamado Kola que tirei do canil. Amo o nome de K. Kevin, o encontramos na rua. Era um pequeno chihuahua e o resgatamos. Aliás, sou fascinado por enorme pastor alemão chamado Nala e sempre é uma cadela muito dócil. Meus cães pequenos são como "Grrrr, o que fazemos aqui? Todos têm personalidades diferentes. Realmente é divertido dividir a cama com três cães.

TH: Eu aposto que sim! Então, vamos mudando de assunto, você está agora envolvido com "Amanhecer", certo?
KL: Oh, eu desejo. Vou ter mais cinco meses para ele. Tenho que fazer apenas uma cena dos casais [ouve-se um latido e um "Não" de Kellan]. O pastor alemão estava bebendo a água da piscina. Não é bom. 

TH: Você e a filha de Meryl Streep, Grace Gummet são casal em Meskada e têm uma grande cena de amor. Você gosta de trabalhar com ela?
KL: Ela é um encanto. É linda e este é seu primeiro filme. É uma grande atriz. Ambos realmente nos sentimos confortáveis, especialmente tendo um filme onde você tem uma cena de amor em seu primeiro filme e foi ótimo estarmos abertos e conversarmos com o diretor, "Nós fazemos PG ou R?" Basta chegar a um nível confortável. Ela realmente é uma garota doce e hoje somos amigos. Encantei-me com o elenco. Tivemos um ótimo negócio.

TH: Você saiu por aí com seus companheiros do elenco de Meskada?
KL: Jonathan Tucker e eu realmente nos ligamos muito. Cresci em Iowa e foi assim que eu vi este tipo de crises econômicas acontecer. Aqui, é a agricultura. No município de Meskada e os Catskills eram exploração florestal.

TH: Seu personagem Eddie em Meskada causa muitos problemas na cidade e em seguida começa a sua trajetória. O que você acha sobre isso?
KL: Não penso em Eddie como um cara mau. Ele está tentando ajudar a Shane (interpretado por Jonathan Tucker) e a seu irmão. Eles são amigos e Shane é como seu irmão mais velho. Eddie está em uma situação onde você sente que tem que fazer algo, não quer fazer, mas faz uma mudança drástica. Ele realmente se une a Shane para se manterem juntos, mas Shane não quer que Eddie lhe afete.

TH: Algumas vezes os bons amigos realmente podem se meter em problemas. Aconteceu isso com você?
KL: Eu tenho um monte de amigos que são loucos, e mesmo assim são meus amigos. Trazem humor à minha vida, mas eu tenho um colega que provavelmente não deveria ter dirigido depois de sair de um bar, mas tinha um caso e sua caminhonete terminou em um prado de flores, e isso não significa que não éramos fortes o suficiente para levantá-la dali. Mas anos mais tarde, rimos dessa situação do passado.
Éramos crianças e aprendemos com isso. É genial receber lições de vida. Tive algumas em que deve haver um determinado local e eu sabia, mas ainda restam. É o que você sai dela. O melhor é experimentar a si mesmo que ter um pai que lhe diz "não faça isso."

TH: Você poderia relacionar à sua própria vida por ser um menino do país?
KL: Bem, eu comecei em Dakota do Norte que é muito pequena, me mudei para Iowa eu era pequena, mas acabei me mudando para o Arizona, era um garoto de fazenda que vivia no coração de uma grande cidade. Scottsdale é muito grande e eu me mudei para LA que é ainda maior, mas se, acho que mudei minhas crenças. Isso que poderia estar relacionado com um monte de problemas de Eddie, é algo que se deixa em casa. 

TH: Você está em um monte dos próximos filmes. Interpreta o Deus do mar Poseidon e um jogador de Lacrose, que é mais do que "Amanhecer", não é?
KL: Sim, em "Immortals" interpreto Poseidon, o qual tem sido um projeto dos sonhos por trabalhar com Tarsem (Singh, o diretor) e Mickey Rourke. Adoro o Lacorrse, e tmabém em "A Warrior's Heart", com Ashley Greene, uma das minhas melhores amigas (de repente faz um som como "ooooff") Oh! Minha chihuahua saltou sobre mim. (O cachorro). Está muuuito forte. É bonita. Então eu fiz “Love, Wedding, Marriage”, onde interpreto um recém-casado com Mandy Morre, o qual para mim é um novo e grande tipo de personagem. Logo, "The Killing Game", onde estou sem camisa na maior parte do filme e luto e mato pessoas. Este é o meu filme de Jason Bourne. Sim, 2011 de Kellan será um ano muito divertido.

TH: Você está lendo roteiros para encontrar um projeto depois de Amanhecer? 
KL: Sim, eu tenho muito tempo livre e assim leio livros, procurando livros de ação que poderiam ser adaptados para o cinema. Estive lendo muito. Tento conseguir projetos desde o começo. É genial fazer parte dele.

TH: O que você espera ver em Amanhecer?
KL: Realmente espero fazer a cena do pulso com Bella. Eu perco e não é divertido, mas não posso esperar para gravarmos porque é algo que os fãs estão esperando para ver.

TH: O que você gostaria de dizer a todos os seus fãs por aí a fora? 
KL: Adoro todos os fãs e estou muito grato. Deveriam existir fãs para cada profissão no mundo. Creio que é muito importante alegrar o dia de alguém simplesmente lhe oferecendo um sorriso ou um obrigado. Há fãs que fazem livros e enviam cartas. Adoro ler todas as cartas. Viajo muito e recebo uma caixa enorme uma vez por semana com elas, e há muito tempo nos aviões para lê-las.
Eles são tão doces e me encontrei com muitos fãs que estão loucos ou estão tendo um mau momento e um simples telefonema pode mudar o seu humor ou o dia. Os chamamos em seguida. É fácil de fazer. Sempre que estou preso no trânsito, gosto de encorajar. Sou apenas Kellan, mas se seu único desejo na vida é falar comigo, porque não enviar um cartão de aniversário e dizer que foi genial conversar com eles?